Nutrientes

bot-nutrientes

Quando a planta é plantada no solo, ela retira dele os nutrientes para viver, quando ela é plantada na água precisamos colocar esses nutrientes para que ela consiga se alimentar.

Eles são divididos em Macro e micro nutrientes, são eles:

 

Macro Nutrientes

Nitrogénio (N)
O Nitrogénio é essencial para muitas funções internas das plantas. A sua carência é demonstrada por folhas amareladas e pálidas e um crescimento pequeno. Nitrogénio a mais leva a folhas em abundância mas poucos frutos.

Fósforo (P)
O fósforo é importante para os vegetais que produzem fruto como as ervilhas e os feijões. Deficiência em fósforo normalmente manifesta-se através das folhas que apresentam uma cor escura ou lilás. O fósforo é também muito importante para a planta manter as suas raízes.

Potássio (K)
O potássio é importante para os frutos aparecerem e crescerem. As plantas em clima mais frio precisam de mais potássio que as mesmas plantas em clima mais quente. Falta de potássio manifesta-se com manchas nas bordas das folhas que se estende, com o tempo a toda a folha dando-lhe um ar de murcho e seco, acastanhado.

Cálcio (Ca)
O cálcio é necessário para o crescimento das raízes. Falta de cálcio manifesta-se com um enrugamento das folhas e uma cor demasiado escura nos caules e troncos.

Magnésio (Mg)
O Magnésio está no centro das células de clorofila. As plantas precisam de quantidades incríveis deste nutriente. Insuficiência manifesta-se com o amarelamento das folhas, normalmente a partir da base para as pontas.

Enxofre (S)
O enxofre tem o mesmo propósito que o magnésio, no entanto as necessidades são muito inferiores. A falta de enxofre manifesta-se da mesma forma que o magnésio.

Micro Nutrientes

Ferro (Fe)
É necessário para o crescimento da planta. Falta de ferro manifesta-se por um fraco crescimento e envelhecimento precoce das folhas.

Boro (B)
O Boro é utilizado pelas plantas para fixar outros elementos. Carências revelam-se através do apodrecimento das pontas das raízes, caules ocos e translúcidos.

Manganês (Mn)
Manganês auxilia na operação da clorofila. A carência mostra-se como a de magnésio.

Zinco (Zn)
O Zinco atua em conjunto com os macro nutrientes como catalisador. Auxilia no funcionamento geral das plantas. A sua carência é difícil de se notar. No entanto, em estudos feitos em laboratório provou-se que com Zinco na solução de rega as plantas desenvolvem-se melhor em todos os estágios de crescimento.

Cobre (Cu)
Tal como o Zinco, o cobre serve como catalisador.

Molibdênio (Mo)
A carência do molibdênio nota-se em plantas como o tomate. Revela-se através do envelhecimento e morte precoce dos botões de flor e jovens frutos. E também o envelhecimento das extremidades de crescimento das plantas travando assim o seu crescimento.

Cloro (Cl)
O Cloro também atua como catalisador. Habitualmente a água já tem a quantidade necessária de cloro não sendo preciso acrescentar.

Silício  (Si)
Embora não esteja amplamente estudado, alguns estudos apontam que o silício ajuda a tornar as plantas mais vigorosas. Atua a nível celular fortalecendo as paredes externas das células.

 

Fonte: http://hidrohortaurbana.blogspot.com.br/2011/08/tecnica-solucao-de-nutrientes-em.html

Comentários estão fechados