Reservatórios

bot-reservatorios

O reservatório é o local onde a água que circula pelo sistema ficará armazenada

bombonas

O tamanho do reservatório vai depender da quantidade de plantas que será atendida.

  • 0,1 a 0,5 litros/planta – para mudas
  • 0,25 a 0,5 litros/planta – para plantas de pequeno porte (rucula, almeirão)
  • 0,5 a 1,0 litros/planta – para plantas de porte médio (alface, salsa, cebolinha, manjericão, morango, cravo, crisântemo)
  • 1,0 a 5,0 litros/planta – para plantas de maior porte (tomate, pepino, melão, pimentão, beringela, couve, salsão, etc)

Quanto maior a relação entre o volume do tanque e o número de plantas nas bancadas, menores serão as variações na concentração e temperatura da solução nutritiva. Entretanto, não se recomenda a instalação de depósitos com capacidade maior que 5.000 L, devido à maior dificuldade para o manejo químico (correção do pH e da condutividade elétrica – CE) e oxigenação da solução nutritiva. Em caso de contaminação por patógenos, um grande número de plantas será perdido, pois um só tanque estará em contato com muitas bancadas de cultivo. Recomenda-se a utilização de um maior número de reservatórios pequenos ao invés de poucos tanques de grande volume, pois facilita e agiliza o manejo, o controle fitossanitário (atendimento do período de carência do defensivo usado), limpeza e desinfeção de todo o sistema, com conseqüente aumento de qualidade do produto final.

fonte: http://www.infobibos.com/Artigos/2009_1/Hidroponiap1/Index.htm

De uma maneira geral, qualquer recipiente com tampa serve, mas algumas considerações precisam ser feitas.

  • O reservatório precisa ter tampa, para evitar  mosquitos, principalmente o mosquito da dengue.
  • Ele não pode ser transparente, ou seja, não deve deixar passar a luz para evitar a proliferação de algas que podem danificar o sistema.
  • Sua instalação deve ser feita de preferência abaixo do nível da tubulação, assim a água retorna por gravidade ao reservatório.
  • Se for utilizar um reservatório que ja foi utilizado pra outras coisas, verifique se ele não foi usado para produtos perigosos, tipo, óleo, gasolina, etc. pois isso pode ser prejudicial as plantas e a saúde de quem consumirá as plantas
  • não utilize caixas d’agua de amianto

 

 

 

 

 

Comentários estão fechados